terça-feira, 29 de novembro de 2016

Hoje, é sem palavras

Eu até ia escrever, mas não dá.

Ficou engasgado.

Foi difícil. Está sendo.

Ficam aqui neste espaço, algumas imagens e um vídeo.



sexta-feira, 18 de novembro de 2016

A adrenalina de uma averiguação

Ontem minha jornada de trabalho foi um tanto quanto diferente.

Pela primeira vez repercuti uma demissão de treinador e possível anúncio do novo contratado.

Sempre acompanhava esses acontecimentos "do lado de cá do balcão", com o ouvido grudado no fone do rádio e esperando o que de novo poderia acontecer e que anúncio viria.

Pensava eu nessas horas:

- E essa busca pela informação privilegiada?
- As ligações? A qualquer hora? Mesmo tarde da noite?
- Atenderão??? Eles sabem o que a imprensa quer ouvir... Falarão???

Todas essas perguntas foram sendo respondidas uma a uma, ontem após o jogo do Inter contra a Ponte Preta.

Celso Roth já não é mais treinador do Internacional. Lisca assumiu no meio da madrugada enquanto estávamos ao vivo no Boteco da Rádio Grenal .

E minha função como produtor da rádio é buscar todas as formas de confirmação dessas informações.

Lá fui eu ligar para o Presidente Fernando Carvalho e o técnico Lisca atrás de informações, declarações ou apenas um OK pelo WhatsApp.

Não consegui... Faz parte.

Após a confirmação de nossas suspeitas, o clube divulga nota oficial pelo site dando como certa a contratação de Lisca.

Eram 2 e meia da manhã.

SIM!!!!! Eu ligava para eles no meio da madrugada em busca de alguma exclusividade ou de uma confirmação.

Faz parte do meu trabalho e da minha profissão. A notícia não tem hora para acontecer.

E o meu ouvinte quer saber o que está acontecendo. Tá na curiosidade do ser humano ter a necessidade de saber o que se passa por trás daquilo que é divulgado.

Algumas coisas podemos levar a público. Outras nem tanto...

Mas tudo que pode ser dito eu digo. Sem meno.

Faz parte da minha função.

Perguntar aquilo que precisa ser respondido, extrair aquela informação escondida, trazer a tona o que não foi divulgado ainda, mostrar o que precisa ser mostrado.

E ontem foi assim... Mesmo sem a confirmação por parte das minhas fontes, abrimos o microfone e dissemos: "estamos à caça da informação. Tentamos os contatos, mas nenhuma resposta."

Querendo ou não isso é um indício de que o caminho que percorrido é o certo.

E assim será.

A qualquer hora.

Com qualquer informação.

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Depois de muito tempo, voltei

Depois de muito tempo fora deste espaço, voltei.

E voltei para publicar aqui uma correção que o STJD está fazendo de uma decisão descabida e sem fundamento: a perda do mando de campo por parte do Grêmio para a final da Copa do Brasil.

A invasão do gramado por parte da filha do técnico Renato Portaluppi, Carol Portaluppi, foi julgada e dado como pena com base no Artigo 213 do CBJD multa de R$ 30 mil e perda do mando de campo da partida final da Copa do Brasil.

Segue abaixo o print da página do STJD com a liminar de suspensão da decisão aplicada pela Comissão Disciplinar.

Site do STJD com a notícia da suspensão da pena aplicada ao Grêmio